5 vezes que você interagiu com uma IA no dia a dia sem saber

Rafael Carvalho
12/3/2021

Você já viu uma IA no seu dia a dia? Elas já estão presentes em todas as áreas, seja na medicina, seja no mercado financeiro, seja na sua casa, seja na sua mão agora mesmo com seu smartphone. Faz tempo que a Inteligência Artificial deixou de ser uma tecnologia distante e futurista e passou a ser parte do nosso cotidiano.


Muitas vezes, contudo, a Inteligência Artificial passa despercebida pelo nosso dia a dia. Utilizamos esta tecnologia sem nem ao menos nos darmos conta. E você descobrirá que isso é 100% verdade a partir de agora.


Ela pode, inclusive, ser uma ótima ajuda para o seu atendimento digital. Já pensou? Ter uma Inteligência Artificial na sua empresa, ajudando seus clientes?


Confira aqui 5 momentos que confirmam a presença da IA em nosso cotidiano e entenda os motivos pelos quais esta inteligência está revolucionando nosso mundo e pode revolucionar também o seu negócio.


Mas antes você precisa entender o que é uma inteligência artificial de verdade, que é diferente daquela dos filmes


O que é Inteligência Artificial?


A inteligência artificial (IA) é tanto a ciência que busca construir bases para que máquinas possam realizar tarefas antes realizadas por humanos ,que simulem a capacidade do ser humano de pensar e resolver problemas quanto o próprio software, sistema ou programa que se propõe a automatizar tarefas e entender intenções humanas.


Esse campo científico busca criar máquinas inteligentes que podem reconhecer objetos, vozes, faces; que tenham raciocínio para que possam solucionar problemas de forma mais eficiente.


De modo prático, podemos dizer que a inteligência artificial funciona da seguinte forma: A equação básica da tecnologia da Inteligência Artificial atualmente é: Big Data + Modelos de Dados Eficientes + Computação em Nuvem = Máquinas Inteligentes. Esse processo inclui, de forma resumida, 3 etapas: capacidade de raciocínio, aprendizado e reconhecimento de padrões.


Se você quiser se aprofundar mais nesse tema, sugiro conferir esse outro blog. É só clicar aqui. Agora vamos ao que interessa, aos 5 momentos do seu cotidiano que você interagiu com uma IA:


1. Nos momentos em que você precisou cuidar da sua saúde.


Sem dúvidas uma das áreas que mais cresceu com o uso da inteligência artificial foi a medicina e a biomedicina. Graças a alta capacidade de reconhecimento de padrões e a análise atenta e com baixíssimo grau de erro, essas máquinas puderam ajudar nossos profissionais de saúde a ter resultados diagnósticos mais rápidos e mais certeiros.


Além de auxiliar no diagnóstico, a inteligência artificial na medicina pode ser usada, ainda, para melhorar a eficiência nos tratamentos. A IA consegue buscar, em uma vasta bibliografia, opções terapêuticas mais viáveis para cada caso analisado. Um exemplo bem-sucedido é o do Watson, um software desenvolvido pela IBM.


Essa tecnologia, como mostrado na matéria da Veja Saúde, inclusive, vem sendo usada para termos resultados de testes de Swab para Covid-19 mais rápidos e detecção mais apurada de evolução clínica de pacientes internados. O que era feito manualmente e demorava horas agora pode ser feito em minutos. 


2. Quando você precisa chegar mais rápido a um lugar



Inteligência Artificial no seu dia a dia pode ser vista também dentro dos mais diversos aplicativos de mobilidade. Alguns deles, como o Google Maps e o Waze utilizam a IA para traçar rotas mais certeiras.


Eles são capazes de cruzar dados de inúmeros lugares, com dados de inúmeras corridas, com dados em tempo real de inúmeros usuários para encontrar as melhores rotas, otimizando tempo e evitando problemas no trânsito. E, certamente, você já utilizou ou conhece alguém que utiliza esses aplicativos no cotidiano, não é?


Além desse modelo, existe ainda a IA por trás dos aplicativos de corrida, que cruza esses dados com os dados de seus usuários, para saber, por exemplo, qual o motorista que está próximo de você e qual o melhor preço para essa corrida.


A Uber ainda possui mais outras IAs capazes de extrair dados ainda mais aprofundados sobre seus costumes e interesses, que vêm sendo usados para, por exemplo, entender se você está bêbado ou não


3. Quando você está assistindo Netflix ou ouvindo música



Você já se perguntou como que o Spotify, por exemplo, consegue montar uma playlist tão a sua cara? Ou como suas recomendações da TV parecem tanto com você? 


Aplicativos como YouTube, outros aplicativos de stream em geral, aplicativos de música, todos eles já utilizam uma IA para entender melhor você. São sistemas inteligentes que rastreiam o comportamento do usuário. 


Dependendo de como você conecte sua conta, esses dados ainda podem ser cruzados com suas redes sociais e pesquisas da web, para chegar a modelos mais precisos. Tudo isso para que você encontre aquilo que você gosta.


Porém, indo além, até a própria TV hoje também tem uma IA. As smart TVs evoluíram bastante nos últimos anos e, de um sistema operacional rudimentar, passaram a adotar também o recurso de inteligência artificial para refinamento de imagem, sons mais claros e vibrantes, consumos inteligentes de energia e claro, personalização de conteúdo.


No geral, tudo que é conteúdo personalizado na internet, é conteúdo criado por meio da ajuda de uma IA. Você pode acabar descobrindo que se interessa por coisas que nem imaginava por meio dos sistemas de recomendação de Inteligência Artificial.

4. Quando você vai fazer um pagamento ou transação online




A IA no seu dia a dia também pode ser desenvolvida como mecanismo de segurança tanto em ataques digitais quanto para autenticar sua identidade.


O exemplo mais comum é o internet banking. Um serviço de inteligência artificial vinculado aos servidores que hospedam o seu banco e os serviços que compõem os pagamentos online.


Ele pode parecer simples e até ineficiente devido a sua velocidade de autenticação, mas é justamente essa velocidade que o faz tão especial. A inteligência artificial pode identificar tentativas de ataques com mais rapidez que um humano. Ela também consegue analisar novas modalidades de ataques que foram bem-sucedidos e criar formas de neutralização para evitar novas ocorrências. A IA é capaz ainda de auxiliar no rastreamento de criminosos virtuais.


Isso tudo cruzando dados complexos de comportamentos de compras, dados biométricos e dados de geolocalização. E sim, tudo isso naqueles pequenos segundinhos.

5. Quando você vai interagir com uma marca



Agora um casamento que deu muito certo também é o do atendimento ao cliente com inteligência artificial. Com a ajuda de uma IA, você pode ter uma relação mais fluida, com conversas mais amigáveis com os chatbots e assistentes virtuais. 


Isso porque a IA é dotada de mecanismos que aprendem sobre o negócio à medida que interagem com seus consumidores, podendo entender melhor os pedidos e podendo responder sem estar presa a menús de 1, 2 ou 3, e aquelas respostas descontextualizadas e sem sentido.


Elas ainda retém dados dos seus consumidores, atendentes e atendimentos em si, podendo te devolver relatórios extremamente apurados sobre a qualidade do seu produto ou serviço. Tudo isso com a mesma eficiência das outras IA “irmãs” mencionadas acima.


Isso sem dúvidas é uma forma muito interessante de ir mais longe com o seu negócio. E nem é preciso pagar valores exorbitantes para conseguir isso, hoje no mercado já existem soluções muito potentes por valores que realmente cabem no seu bolso.

Conclusão


A inteligência artificial está sim presente no nosso cotidiano. Em várias áreas da nossa vida já desfrutamos do seu poder e eficiência em resolver problemas para facilitar nossas vidas. A IA no dia a dia é nosso guia de trânsito, é nossa analista de exames médicos, é nossa agente de segurança, é nossa consultora de conteúdo e muito mais. Ela veio para facilitar nossas vidas e deixar tudo assim: simples e eficiente. 


E para seu negócio, a IA também é uma ótima aliada. Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões pode ser a chave para o sucesso da sua empresa. Uma ferramenta potente para se investir é em inteligência artificial. 


Ela pode extrair dados do seu atendimento ao cliente e fornecer uma experiência de compra mais rápida e inteligente.