Entenda o algoritmo do Instagram e suas mudanças

Beatriz Inasã
31/3/2022

Entenda o algoritmo do Instagram e as mudanças pelas quais ele vem passando

Com certeza você já ouviu falar do famoso algoritmo do Instagram, que passou por uma mudança significativa em 2016, o que o tornou ainda mais popular.

Naquele ano, a rede social definiu que não apresentaria mais os conteúdos para os usuários em ordem cronológica, e sim de acordo com aqueles conteúdos que o algoritmo definisse que seriam mais relevantes para o usuário.

Desde essa mudança até os dias atuais, o algoritmo é um dos assuntos preferidos dos gurus de marketing digital, afinal, quando entendemos o que ele é e como utilizá-lo a nosso favor, conseguimos ter resultados significativos.

Mas o que é o algoritmo do Instagram?

O algoritmo do Instagram nada mais é do que um sistema de processamento e análise de dados que interpreta o comportamento dos usuários na rede social e sugere postagens que vão se conectar com o perfil de consumo daquele usuário.

Vamos a uma breve contextualização. 

O Instagram foi criado em 2010 pelo norte-americano Kevin Systrom e pelo brasileiro Mike Krieger, ambos engenheiros de software. Inicialmente, a criação desse aplicativo, tinha seu objetivo no próprio nome, Insta de Instant Camera (como as câmeras polaroids, o que explica os primeiros filtros) e Gram de telegram, ou seja, telegrama, uma forma rápida de comunicação. Em resumo, a intenção era compartilhar o momento. 

A rede social ganhou aderência rapidamente e, com um ano de lançamento, já possuía 10 milhões de usuários no mundo todo. Esse fato atraiu a atenção de grandes investidores e compradores. Apesar da disputa, o Facebook conseguiu fazer uma oferta de 1 bilhão de dólares, e o Instagram se tornou um dos melhores investimentos da empresa.

Desde o ano de sua criação até meados de 2016, o Instagram utilizava o algoritmo de postagem por horário, ou seja, seguia a ordem cronológica das postagens. Por isso, os produtores de conteúdo se mostravam tão adeptos à ideia de ter hora e dia para postar, e quem postasse com mais frequência ou em horários estratégicos tinha mais chances de alcançar a relevância na rede. 

Com o aumento crescente de usuários nas redes sociais e o número cada vez maior de produtores de conteúdo, o Instagram reformulou seu algoritmo e adquiriu o formato que é utilizado até hoje.

Os conteúdos deixaram de ser organizados pela ordem cronológica e passaram a aparecer na timeline dos usuários de acordo com a ordem de relevância considerada pelo algoritmo.

Como o algoritmo define o que é relevante?

1º Sua atividade no aplicativo

O tempo que você passa no aplicativo e quantas vezes você o acessa.

2º Relacionamento

Com quais perfis você mais interage, curte, salva, compartilha e comenta. Ele entende que você é próximo dessa pessoa e tende a te mostrar os conteúdos dela. 

3º Interesse

Sempre que você interage na publicação de alguém, você mostra para o algoritmo aquilo que te traz mais interesse. Isso vai definir, por exemplo, os posts que aparecem na sua aba ‘Explorar’.

4º Quem você segue

Se você segue muitas pessoas mas passa pouco tempo na plataforma, a rede social precisa filtrar os conteúdos mais interessantes para você e te mostrar para conseguir reter a sua atenção. 

5º Posts mais recentes

O algoritmo não tem a intenção de mostrar posts muito antigos. 

Como o algoritmo impacta na minha rede social?

Imagine que você precisa fazer um suco de limão, quanto mais limão você tem, mais suco você consegue fazer. Ou seja, fazendo um paralelo com vendas, quanto mais pessoas você consegue alcançar, mais chances você tem de vender. 

Diante disso, o que o algoritmo faz é selecionar as pessoas que realmente se interessam pelo conteúdo de determinado perfil e mostrar para mais pessoas que também possam se interessar. 

O feed do Instagram mudou: entenda os 3 feeds diferentes

A grande novidade do ano de 2022 anunciada pelo CEO da rede social, Adam Mosseri, é que o Instagram vai se dividir em três feeds: página inicial de acordo com os seus hábitos de consumo (formato atual), pessoas que você segue (ordem cronológica) e os seus favoritos (ordem cronológica)

Opção de alternar entre os feeds do Instagram
Agora você pode alternar entre três tipos de feed no Instagram

O primeiro é o modelo utilizado atualmente, ele ordena as publicações com base nas recomendações do algoritmo que entende as preferências do usuário.

O segundo vai aparecer conforme as pessoas que você segue forem postando, ou seja, você poderá ver sempre os posts mais recentes de quem você segue. 

Já o terceiro feed é o de favoritos, que são aquelas pessoas de quem você não quer perder nenhum conteúdo, esse será o espaço para você selecionar exatamente os conteúdos que você tem preferência para visualizar e receberá todos eles também de acordo com a ordem cronológica de postagem.

Dicas para se tornar relevante para a sua audiência e aparecer

Mas como essas mudanças impactam o seu fluxo na rede social? Se você é produtor de conteúdo, a partir de agora, essa mudança precisa ser levada em consideração durante a idealização dos conteúdos e das suas ações comerciais. 

Com o feed sendo exibido por ordem de horário, a concorrência por um espaço na tela dos seguidores se torna ainda maior. Os criadores estarão competindo com a quantidade de pessoas que os usuários estiverem seguindo. 

Por isso, é recomendado o aumento da quantidade de postagens ao longo do dia, para distribuir entre os diferentes horários. Assim, abrange tanto quem visualiza a rede pela manhã ou durante a noite. 

Por outro lado, o feed que será direcionado para os favoritos, será uma grande oportunidade de produzir conteúdo para um público realmente interessado naquilo que você entrega, e mais, um público disposto a interagir, principalmente, se você produzir um conteúdo aprofundado e que fale diretamente com o seu nicho.

A possibilidade de ser o favorito dos seus seguidores engajados é uma grande vantagem, por isso, é importante gerar conteúdo com um valor elevado, a ponto de fazer você se tornar realmente um favorito da audiência.

Interessante, não é? É super importante que você fique por dentro das atualizações do algoritmo para conseguir acompanhar as tendências de comportamento do usuário e gerar engajamento e relacionamento de qualidade nas redes sociais.

Até o próximo conteúdo!